Bolsonaro é personagem miúdo da história’, diz Márcio Jerry sobre novo ataque a Dino

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a despejar seu ódio contra o Nordeste nesta terça-feira (27) ao afirmar, diante de apoiadores, que ‘é preciso tirar o PCdoB do governo do Maranhão’. Em resposta ao mandatário, o vice-líder da sigla na Câmara, o deputado federal maranhense Márcio Jerry, reforçou a pequenez do mandatário, que dá sinais claros de alcançar a reeleição, enquanto a crise econômica, social e sanitária segue fazendo vítimas no Brasil.

“Bolsonaro é mesmo um personagem miúdo da política brasileira. Não há na história do Brasil nenhum que tenha ocupado a Presidência da República tão desqualificado quanto ele. Na ‘preparação’ à vinda ao Maranhão agride o povo maranhense de forma acintosa”, destacou o deputado.

De olho nas eleições de 2022 e na tentativa de reverter a baixa popularidade na região, na fala desta terça, o chefe de Estado apelou para o caricato “fantasma do comunismo” para justificar o ataque. “Tem que tirar de lá, cara, pelo amor de Deus. Só aqui no Brasil mesmo, comunista falando que é democrático. Eu estou fazendo pesquisa aqui”, disse diante de eleitores.

Em uma prévia do clima que marcará a visita ao estado – prevista para ocorrer entre os dias 29 e 30 deste mês –, na semana passada, Bolsonaro já havia divulgado uma fake news que lhe rendeu uma denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF). À rádio Jovem Pan, o ex-capitão afirmou que tinha viagem prevista para participar de evento evangélico na cidade de Balsas, no interior do estado, mas como o governo do Maranhão havia lhe negado efetivo da Polícia Militar para fazer esquema de segurança, teve de desistir do encontro.

Na última quinta (22), o governador do estado, Flávio Dino (PCdoB), acionou a Corte para denunciar a calúnia. No documento enviado ao Supremo, Dino disse que não recebeu qualquer solicitação para a segurança presidencial. Ele também exigiu que Bolsonaro apresentasse provas da suposta recusa de colocar a polícia à disposição de sua segurança no município maranhense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *