“Mensageiro da morte”, diz deputado sobre Bolsonaro ao normalizar 100 mil mortes pela Covid-19

Nesta sexta-feira (7), depois de Jair Bolsonaro (sem partido) aconselhar brasileiros a ‘tocarem a vida’ mesmo com o avanço da pandemia do coronavírus, o deputado federal Márcio Jerry afirmou que o presidente age com a ‘naturalidade de um mensageiro da morte’.

Com quase 3 milhões de infectados e 98 mil mortes confirmadas pela doença, a Covid-19 avança no Brasil sem que o governo federal apresente planos para conter a epidemia e pesquisadores apontam que o país chegará às 100 mil mortes ainda neste fim de semana.

“O estúpido presidente fala sobre 100 mil mortes com a naturalidade de um mensageiro da morte”, disse Jerry, deplorando o comportamento do mandatário.

Na live semanal da noite desta quinta (6), Bolsonaro disse “lamentar” a marca das 100 mil vítimas, mas defendeu que brasileiros devem “tocar a vida”. “A gente lamenta todas as mortes, vamos chegar a 100 mil, mas vamos tocar a vida e se safar desse problema”, disse, ao lado do ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *