Educação e Saúde sem ministros, caos no Meio Ambiente; para Márcio Jerry, “Brasil está sem presidente”

“Começamos mais uma semana sem ministros da Saúde e da Educação, e com o do Meio Ambiente alvo de pedido de afastamento feito pelo Ministério Público Federal. É o Brasil sem presidente”, sentenciou o vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA).

Para o parlamentar, o desastre na Educação responde por Abraham Weintraub, que herdou a fama de pior ministro de todos os tempos, e Carlos Decotelli, que teve demissão relâmpago após fraudar o próprio currículo. Na Saúde, Márcio Jerry aponta que Bolsonaro não titubeou em demitir não um, mas dois ministros, mesmo diante de uma pandemia.

Nesta segunda (6), a Justiça Federal recebeu um pedido para afastar Ricardo Salles, atual Ministério do Meio Ambiente. O pedido faz parte de uma ação civil pública movida por 12 procuradores da República, que acusam o ministro de “desestruturação dolosa das estruturas de proteção ao meio ambiente”.

Na ação, os autores afirmam ainda que Salles, de maneira dolosa, vem praticando a desestruturação de diversas políticas públicas relacionadas a diversas áreas do ministério, como ações orçamentárias, de fiscalização e transparência. Os procuradores querem que o ministro também seja condenado por improbidade administrativa, com punições como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa e proibição de contratar com o poder público e de receber benefícios e incentivos fiscais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *