Flávio Dino declara que vai decretar ‘lockdown’ na Grande São Luís

O governador do Maranhão, Flávio Dino, afirmou nas redes sociais que vai acatar a determinação da Justiça sobre a decretação de um ‘lockdown’ (bloqueio total) nas cidades de Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e São Luís.

A declaração aconteceu momentos depois da determinação do juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís, Douglas Martins, que decidiu pelo ‘lockdown’ pelo prazo de dez dias, a partir do dia 5 de maio, por conta do aumento de casos e mortes pelo novo coronavírus na Grande Ilha de São Luís.

Com 4 novos caso aumentou para 13 o número de infectados pelo Covid-19 em Presidente Dutra

Em boletim a Secretaria Municipal de Saúde informou nesta quinta-feira (30), que aumentou em 4 o números de casos confirmados do novo coronavirus em Presidente Dutra., subindo para 13 no total,

Os casos confirmados de Covid-19 em Presidente Dutra estão aumentado em uma velocidade incrível, no inicio da semana era apenas 1 caso confirmado e hoje já são 13 casos, com 14 casos em monitoramento.

Márcio Jerry elogia suspensão da nomeação de Ramagem para PF pelo STF

Vice-líder do PCdoB na Câmara, o deputado federal Márcio Jerry elogiou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que nesta quarta-feira (29) divulgou a decisão do ministro Alexandre de Moraes, determinando a imediata suspensão da nomeação de Alexandre Ramagem, amigo íntimo da família Bolsonaro, para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF).

“Os absurdos e ilegalidades cometidos por Jair Bolsonaro levam o Judiciário a intervir corretamente. A decisão impede, por enquanto, a tentativa dele ter, no comando da PF, uma indicação de seus filhos malfeitores, que querem utilizar a instituição como política de perseguição de adversários e proteção deles próprios e amigos”, disse o deputado.

O governo federal desistiu de recorrer da decisão e Bolsonaro acabou publicando outro decreto, em edição extra do Diário Oficial da União, cancelando a nomeação de Ramagem. Enquanto o novo diretor não é escolhido, a Polícia Federal segue sob o comando interino da equipe do ex-diretor-geral Maurício Valeixo, demitido pelo presidente.

Ontem, durante a posse do novo ministro da Justiça, André Mendonça, Bolsonaro afirmou que é um “sonho” ter Ramagem no comando da PF e disse que a decisão do Supremo foi “monocrática”.

O Maranhão passa dos 3 mil infectados pelo Covid-19 com 184 mortes

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, são 3190 infectados pelo novo coronavirus em 78 municípios do Maranhão, com 184 mortes e 734 recuperados.

O novo coronavírus atinge 78 municípios em todo o Maranhão. Veja a lista das cidades abaixo:

Açailândia – 17 casos

Alcântara – 1 caso

Altamira do Maranhão – 1 caso

Alto Alegre do Maranhão – 2 casos

Alto Alegre do Pindaré – 3 casos

Amarante do Maranhão – 1 caso

Anajatuba – 7 casos

Araguanã – 2 casos

Arari – 8 casos

Bacabal – 30 casos

Bacabeira – 9 casos

Balsas – 4 casos

Barreirinhas – 6 casos

Brejo – 1 caso

Bom Jardim – 2 casos

Buriticupu – 1 caso

Cachoeira Grande – 5 casos

Cajapió – 1 caso

Cantanhede – 2 casos

Caxias – 16 casos

Centro Novo do Maranhão – 1 caso

Chapadinha – 9 casos

Codó – 5 casos

Coelho Neto – 1 caso

Colinas – 5 casos

Conceição do Lago Açu – 1 caso

Cururupu – 4 casos

Davinópolis – 2 casos

Estreito – 5 casos

Governador Edison Lobão – 1 caso

Governador Newton Bello – 1 caso

Governador Nunes Freire – 1 caso

Humberto de Campos – 2 casos

Imperatriz – 132 casos

Itapecuru Mirim – 2 casos

Junco do Maranhão – 1 caso

Lago da Pedra – 4 casos

Lima Campos – 1 caso

Magalhães de Almeida – 1 caso

Mata Roma – 1 caso

Matinha – 7 casos

Milagres do Maranhão – 2 casos

Miranda do Norte – 4 casos

Mirinzal – 2 casos

Monção – 1 caso

Morros – 3 casos

Olho d’Água das Cunhãs – 1 caso

Paço do Lumiar – 96 casos

Pedreiras – 6 casos

Peritoró – 1 caso

Pinheiro – 4 casos

Porto Franco – 1 caso

Presidente Dutra – 3 casos

Presidente Juscelino – 8 casos

Raposa – 12 casos

Rosário – 10 casos

Santa Inês – 12 casos

Santa Rita – 25 casos

São Benedito do Rio Preto – 3 casos

São João Batista – 1 caso

São Francisco do Brejão – 1 caso

São João dos Patos – 1 caso

São José de Ribamar – 188 casos

São Luís – 2432 casos

São Luís Gonzaga do Maranhão – 1 caso

São Mateus do Maranhão – 1 caso

Serrano do Maranhão – 1 caso

Senador La Rocque – 4 casos

Timon – 16 casos

Trizidela do Vale – 11 casos

Tuntum – 2 casos

Tutóia – 1 caso

Urbano Santos – 3 casos

Vargem Grande – 5 casos

Viana – 4 casos

Vitória do Mearim – 9 casos

Vitorino Freire – 1 caso

Zé Doca – 7 casos

Jovem de 21 anos morre eletrocutada no Maranhão

Uma tragédia aconteceu na noite desta quarta-feira (29), no bairro Outra Banda no município de São Bento na baixada Maranhense.
A jovem Isadora Brenha de 21 anos de idade morreu após ser vítima um choque elétrico, segundo informações ela teria deixado ligado um tanquinho de lavar roupas e a água transbordou, Brenha que estava deitada, ao levantar teria pisado em cima da extensão que o tanque estava ligado, ela começou a pegar choques, um irmão de Brenha que tentou socorrê-la ainda chegou a pegar choques também.
A jovem ainda chegou a ser levada para o hospital, mais não resistiu à gravidade e morreu. Brenha era funcionária da Otica Marcelle da cidade de São Bento.

Prefeito Juran encaminha ofícios ao governo do Estado solicitando novos respiradores e um hospital de campanha na região

O prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho protocolou nesta quarta-feira (29) ofícios junto ao governo do Estado do Maranhão solicitando melhorias na estrutura de saúde para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 (novo coronavírus).  Em um dos ofícios o prefeito solicita a aquisição de respiradores, item fundamental para os pacientes mais graves vitimados de novo coronavírus, no ofício o pedido se estende não só ao hospital do município, mas também ao Hospital Macroregional  o Socorrão, uma vez que o mesmo é  o ponto de apoio aos demais municípios da região.

No outro ofício o prefeito, baseado num relatório elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, o prefeito Juran Carvalho solicita a implantação na nossa região de um hospital de campanha, uma vez que segundo o relatório muitos municípios possuem capacidade limitada de leitos destinados aos pacientes de Covid-19 e com isso, ocorre o risco da saturação do sistema de saúde da região. No mesmo relatório observa se que o município com maior número de leitos de isolamento é  o de Presidente Dutra, mostrando mais uma vez a preocupação constante da administração municipal com a sua população.

Veja o que há de leitos em hospitais na região para isolamento

Quantidade de leitos disponível na Região

Absurdo: Vereador mostra em vídeo que paciente em isolamento no hospital de Tuntum não fica isolado, tem companhia

 

Segundo denuncia do vereador e medico Dr. Alexandre, pacientes em isolamento, por suspeita de Covid-19 do Hospital das Clinicas de Tuntum (Hospital Seabra), estão sendo  acompanhadas de outras pessoas, que aparentam estarem sadias.

Um vídeo feito pelo vereador no isolamento onde só é para estarem os pacientes suspeitos e o que testarem positivo, mostra claramente outra pessoa na enfermaria, e com o agravante de colocar a mascara só quando foi vista.

O vereador Dr. Alexandre denunciou em uma live na noite de ontem (28) a realidade do Hospital das Clinicas de Tuntum, que é administrado pela Prefeitura.

 

 

 

Colocaram um monstro na presidência”, diz Márcio Jerry sobre fala de Bolsonaro

 

O descaso com que o presidente Jair Bolsonaro se pronunciou sobre as novas 474 mortes por covid-19 registradas em 24 horas no país nesta última terça-feira (28) foi duramente criticado pelo vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA). Em resposta ao comentário de um jornalista, que afirmava que o Brasil havia ultrapassado o número de vítimas registrado na China, país de origem da pandemia, o presidente declarou: ‘E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Sou Messias, mas não faço milagre’.

“Brasil chega a 474 novos casos em 24 horas; supera a triste marca de mais de 5 mil mortos. E o que diz o estúpido que ocupa ainda a cadeira de presidente? ‘E daí?’, pergunta desdenhando. Colocaram um monstro na presidência. E agora? É uma questão de saúde tirá-lo da presidência”, definiu o parlamentar, em tom de indignação, citando os números oficiais divulgados pelo Ministério da Saúde.

Ontem, o Brasil ultrapassou a China em mortes por coronavírus e já é o nono país em total de óbitos no mundo, além de ser o terceiro em número de mortes por dia. Apesar disso, Bolsonaro segue em campanha para acabar com medidas de isolamento social preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a expansão do vírus.

Para Jerry, o comentário do presidente brasileiro demonstra o nível de irresponsabilidade com a saúde da população e com as projeções de especialistas, que apontam que o pico da doença ainda será registrado em maio.

“Bolsonaro debocha das milhares de famílias que perderam seus entes queridos para a covid-19; debocha das milhares de pessoas infectadas; debocha de quem tem amor ao próximo. É um insano esse cara, não merece ser chamado de presidente”, definiu o deputado maranhense.

Governador Flávio Dino anuncia novos leitos para atendimento a pacientes com Covid-19

O Governo do Estado disponibilizará ainda esta semana novos leitos de UTI para atendimento a pacientes com a Covid-19. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino em coletiva realizada nesta segunda-feira (27) e faz parte do conjunto de novas medidas para o combate ao novo coronavírus no Maranhão. O aumento no número de leitos vai ampliar a capacidade de atendimento da rede estadual de saúde diante da crescente demanda por conta do novo coronavírus.

“É importante dizer que a nossa luta com as medidas preventivas de distanciamento, isolamento e agora o uso de máscaras é garantir que haja dispersão no tempo para crescimento de casos. Por isso, nós precisamos fazer com que o vírus se expanda em uma velocidade mais lenta para que possamos garantir o aumento de leitos o máximo quanto possível, e assim darmos conta desta super demanda. Esse esforço é constante tanto na capital como em outras regiões do estado”, afirmou o governador Flávio Dino.

No início do mês de março, quando eram registrados os primeiros casos de coronavírus no Brasil, o Maranhão dispunha de 132 leitos de UTI e 120 de enfermaria. Atualmente, são 628 leitos dedicados unicamente a pacientes com Covid-19, destes, 193 são de UTI, e 435 de enfermaria. Como mais de 90% dos casos confirmados se encontram concentrados na Ilha de São Luís, a região também detém a maior parte dos leitos, com 112 de UTI e 267 clínicos.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a concentração no número de casos positivos na região metropolitana demanda mais leitos para a capital. “Inicialmente serão mais 40 leitos de UTI, 20 no Hospital Real e mais 20 no Hospital Universitário (HUUFMA), além dos a serem adquiridos no Hospital Português. Também estamos criando mais 130 leitos clínicos, mais um andar no Hospital do Servidor com 50 leitos, bem como os hospitais de campanha em Açailândia e São Luís, medidas estas que irão reforçar o combate ao vírus”, disse.

Até a noite deste domingo, a região metropolitana estava com 106 leitos de UTI ocupados, o que corresponde a 95% da ocupação, e 93 leitos de enfermagem, 65% de ocupação. Nas demais regiões do estado, onde estão situados os Hospitais Macrorregionais, a ocupação é de 12%, onde dos 81 leitos de UTI distribuídos, 10 seguem sendo utilizados. Quanto aos leitos de enfermagem, dos 168, estão em uso somente 11.

Estrutura em andamento

Há, ainda, obras de construção do anexo com 50 leitos no Hospital Nina Rodrigues, além dos entregues nesta segunda-feira com o anexo da UPA do Itaqui-Bacanga. No interior do estado, o Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz, irá receber mais equipamentos e 12 novos leitos de UTI e 26 leitos clínicos. Em Açailândia, já está sendo montado um hospital de campanha com capacidade para 60 leitos.

Na cidade de Lago da Pedra, a SES segue concluindo as obras na unidade de saúde, que tem capacidade para 50 leitos. Em Santa Luzia do Paruá, a rede estadual de saúde, em parceria com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) entregará o Hospital Regional Francisca Melo com mais de 70 leitos. Também estão em andamento as obras no Hospital Carlos Macieira, em Colinas.

Lockdown

Ainda durante pronunciamento realizado na manhã desta segunda-feira, o governador Flávio Dino reiterou a necessidade da cooperação da população para impedir a proliferação do coronavírus, e consequentemente o número de infectados pela doença. Se não ocorrer uma redução dos casos pode haver uma possível insuficiência na oferta de leitos de UTI e de enfermagem na capital.

“Se continuarmos com essa tendência de crescimento e, mesmo com todos os esforços que o governo vem fazendo, se observamos que os casos continuam crescendo podemos decretar o bloqueio total, caso os leitos disponíveis não sejam suficientes. A adoção de medidas ainda mais restritivas é uma possibilidade, portanto as pessoas precisam respeitar o isolamento social para reduzirmos a demanda pelos serviços de saúde”, disse o governador.