A renovação do ciclo Flavio Dino no Maranhão

O atual governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), inicia, oficialmente, o seu novo ciclo no maior posto político do Estado nesta terça-feira (01) ao ser reconduzido ao cargo por volta das 16:00 horas na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Reeleito com 59% dos votos logo no primeiro turno, Flavio Dino deixou no passado a oligarquia sarneysta que perdurou anos no Maranhão, derrotando com facilidade sua maior arquirrival política, a apagada emedebista Roseana Sarney.

Um primeiro mandato bem sucedido foi suficiente para recolocar um dos Estados mais pobres do Nordeste no trilho do desenvolvimento social e econômico, mesmo diante de um crítico cenário da economia.

Foi pano de fundo do governo comunista o enfrentamento ás desigualdades proporcionando, principalmente à classe pouco privilegiada, mais direitos e oportunidades. Obteve destaque na saúde construindo hospitais de média e alta complexidade, deu aos maranhenses mais segurança aumentando o efetivo policial, na educação está um de seus maiores feitos com importante notoriedade do programa “Escola Digna”.

A partir de agora, Flávio Dino tem mais quatro anos para continuar conduzindo o Maranhão com seu sábio governo. Além disso, precisa ser firme na sua posição contrária ao governo Jair Bolsonaro (PSL) sem deixar que o Estado fique abandonado pelo governo federal durante quatro anos. Porém, vale ressaltar que Flavio Dino tem na bancada federal aliados oposionistas ao governo do polêmico Jair, o que deve ser favorável aos maranhenses, esses devem reverberar o discurso de discordância do governador na Câmara Federal e lutar pela manutenção da democracia garantindo  que as diferenças ideológicas partidárias não interfiram no que se define como avanço do país como um todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *