Peixaria do Edmilson sempre bem frequentada.

Um dos lugares mais bem frequentado em Tuntum é a peixaria do Edmilson, no Balneário da Tiuba, lá se delicia um dos melhores peixes da região.  Quase todos os dias grupos de amigos e famílias inteiras vão até a peixaria para saborear a especialidade da casa.
Quem esteve na peixaria do hoje com um grupo de amigos foi o medico e ex-prefeito Tema, que aonde chega tem uma festa, pois é muito querido pela população e o povo não perde a oportunidade de festejá-lo.


5 pensou em “Peixaria do Edmilson sempre bem frequentada.

  1. Nova pesquisa
    Na nova pesquisa Escutec, a segunda realizada em Caxias sobre a sucessão municipal, Leonardo Coutinho (PSB), sobrinho do prefeito Humberto Coutinho (PDT), aparece com 41,0% de intenção de votos, seguido por Paulo Marinho Júnior (PMDB), filho do ex-prefeito e ex-deputado Paulo Marinho, com 28,5%. O médico e vereador Helton Mesquita (PSC) alcançou 11,8%; Ney Jefferson do PT foi lembrado por 2,3%; Pedro Amorim (PSDB) 1,8%; Zezinho Assunção 1,8%; e Agostinho Neto (PSOL) atingiu a marca de 1,0%. O percentual dos que disseram não votar em nenhum dos candidatos acima, agora, ficou na marca de 8,3%; 4,3% disseram não saber ou não responderam.

    Na pergunta sobre quem o pesquisado vai votar para prefeito, no método da aferição espontânea, no qual não se apresenta nenhum nome ao entrevistado, Léo Coutinho foi lembrado por 27,8% dos eleitores; Paulo Marinho Júnior por 9,5%; Helton Mesquita 4,0%; e os demais candidatos pontuaram abaixo de 1,0%. Em resposta à pergunta sobre qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum, Paulo Marinho Júnior lidera a rejeição com 37,8%; seguido de Léo Coutinho com 13,0%; Ney Jefferson com 5,3%; e Helton Mesquita com 4,8%. Os demais candidatos tiveram rejeição abaixo de 4%.

    A pesquisa Escutec, registrada no TSE sob o protocolo MA-0020/12, foi realizada em Caxias nos dias 7 e 8 de maio passados, com 400 entrevistados… A divulgação da mesma, portanto, é tardia… O que se sabia da aferição antes ecoava timidamente apenas nos bastidores, e mesmo assim de forma vaga. Afora que havia dúvida se a mesma fora devidamente registrada no TSE. A margem de erro é de 5%, para mais ou para menos, com intervalo de confiança na casa de 95%.

  2. Eita, ainda bem que muiiita gente reza, ora pelo Tema porque Eita homem invejado, gente ele nao tem culpa se ele nasceu para o sucesso…..valeu dr. Tema breve estaremos na campanha mais bonita que essa cidade já viu….aguardem!!!!!

Deixe um comentário para Anônimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *