No Dia Nacional de Combate a Hipertensão Arterial Secretaria de Saúde e IFMA realizam ações no centro de Presidente Dutra

A secretaria Municipal de Saúde de Presidente Dutra e o IFMA ( Instituto Federal do Maranhão), estão realizando durante toda esta quinta-feira(26), ações voltadas ao Dia Nacional de Combate a Hipertensão Arterial.

As ações preventivas estão acontecendo em diversos pontos da cidade e nos postos de saúde do município, com a participação dos colaboradores da Prefeitura e acompanhada de perto pelo secretário Municipal de Saúde Aristeu Nunes.

As ações tem o objetivo  conscientizar as pessoas sobre os cuidados básicos para prevenir a hipertensão arterial, um mal que atinge aproximadamente 25% da população brasileira, de acordo com o Ministério da Saúde.

A hipertensão é caracterizada quando a pressão arterial está acima dos 120 de máxima e 80 de mínima, convencionalmente chamado de “12 por 8”.

Entre os principais fatores que podem levar a hipertensão está o sobrepeso e obesidade, a má alimentação (muito consumo de sal), o sedentarismo, o tabagismo e, em alguns casos, o fator hereditário (indivíduos com pais hipertensões têm 30% de chances de também ser hipertenso).

Fonte: Wilque Gomes/Ipresidente Dutra

CAPS realiza I Caminhada pela Conscientização do Autismo em Colinas

Combater o preconceito através da informação: esse foi o objetivo da Primeira Caminhada pela Conscientização do autismo em Colinas que aconteceu na manhã de hoje, 25. A caminhada foi promovida pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e encerrou na câmara dos vereadores com palestras de profissionais da saúde de diversas áreas.

A equipe do CAPS pretende fazer com que essa caminhada aconteça todo ano como parte de um projeto que visa dar assistência a pessoas autistas de Colinas. Segundo a psicopedagoga Onayra Silva o projeto envolve crianças autistas e envolverá profissionais de diversas áreas da saúde, pois uma abordagem multidisciplinar é a forma mais eficaz de assistir essas crianças.

Ainda segundo ela, o CAPS já atende 20 pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). “Antes nós recebíamos uma demanda muito grande, o que corresponderia a um mês recebíamos em um dia porque em muitas escolas, professores diagnosticavam erroneamente alunos que tinham dificuldades de aprendizado por outros motivos como se tivessem TEA”, alerta.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) engloba diferentes síndromes marcadas por perturbações do desenvolvimento neurológico com três características fundamentais, que podem manifestar-se em conjunto ou isoladamente. São elas: dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos, dificuldade de socialização e padrão de comportamento restritivo e repetitivo.

O ideal é que crianças com TEA sejam acompanhadas desde os primeiros sinais do transtorno. Segundo a psicopedagoga, infelizmente em Colinas existem muitos casos, principalmente na zona rural, de adolescentes autistas que não foram acompanhados desde a infância, o que dificulta a reabilitação global. Portanto, o objetivo do projeto é justamente prevenir que casos como esses se repitam no município.

Três vereadores de Central do Maranhão declaram apoio a Kleber Tratorzão

A pré-candidatura de Kleber Tratorzão para deputado estadual vem ganhando adesões nos quatro cantos do estado. Ontem (25) Tratorzão recebeu o apoio de três vereadores de Central do Maranhão, município da Baixada Maranhense.

Declaram o apoio a Tratorzão a vereadora  Fechinha  que é presidente da Câmara Municipal e os vereadores Chicão, Roberto.

Fechinha foi a mais votada na eleição de 2016, com 469 votos, 8,69%.

Prefeito de São Mateus é eleito membro da nova Diretoria da Associação Brasileira de Municípios

O prefeito de São Mateus do Maranhão (180 km de São Luis), Hamilton Nogueira Aragão, o Miltinho, tomou posse na manhã de hoje, 25 de Abril, em Brasília-DF, como membro titular na diretoria da Associação Brasileira de Municípios – ABM, para o triênio 2018 a 2021.

O prefeito de São Mateus, ganhou notoriedade, quando foi eleito vice-presidente da Federação dos Municípios Maranhenses-FAMEM. É prefeito reeleito e já atua há vários anos na pauta do municipalismo maranhense, antes como atuante advogado.

O presidente eleito pela entidade é Ary José Vanazzi, prefeito da cidade de São Leopoldo-RS, região metropolitana de Porto Alegre. Miltinho disse ser uma grande honra e responsabilidade mais esta missão, que dedica a sua terra Natal, São Mateus, esta honraria.

Responsáveis por documento ilegal praticaram ato individual e serão punidos, diz secretário Portela

O secretário da Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, afirmou nesta quarta-feira (25) que a sindicância aberta para apurar o documento ilegal com suposta determinação para identificar lideranças políticas vai apontar nominalmente os responsáveis pelo ato – sejam eles quantos forem. Ele acrescentou ainda que o documento, emitido sem o conhecimento do comando da Polícia Militar, não produziu nenhum efeito.

“Todo servidor público sabe dos princípios que regem a administração pública, dentre eles a legalidade, a moralidade e a eficiência. Portanto, cada um de nós que pratica um ato deve sempre olhar se ele se adéqua à legalidade e se não ofende a moralidade administrativa”, disse Portela durante entrevista coletiva.

Ele acrescentou que “na vida pública, só podemos fazer o que a lei manda; nosso raio de ação é delimitado pela legalidade. Se alguém erra, responderá como servidor público do ponto de vista penal, cível e administrativo”.

“Não cabe a comando inferior editar comandamento geral sem conhecimento do Comando da PM. Temos os nossos regramentos que nos impõem um modo de agir”, afirmou Portela, enfatizando que as responsabilidades serão apuradas de modo individualizado e nominal, para que o caso não fique sem a devida punição.

Sindicância

Uma sindicância já foi aberta e está apurando as responsabilidades. O prazo é de 30 dias, mas o secretário afirmou que pediu maior brevidade na medida do possível, sem prejuízo das investigações.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Jorge Luongo, afirmou que a sindicância vai identificar os responsáveis pelo documento, de onde ele partiu e por que ele foi emitido.

“Foi um ato ilegal tomado à revelia do Comando da instituição. A investigação chegará com certeza às pessoas que participaram desse ato”, disse.

Sem efeitos

Tanto Portella quanto Luongo esclareceram que o documento ilegal não produziu efeitos. O ato, com a data do dia 6 de abril deste ano, só começou a circular no dia 9, com a determinação para que as informações fossem prestadas até o dia 10. Logo, não houve tempo para que pudesse ter sido produzido qualquer efeito.

Um outro documento, do dia 19 de abril, foi anulado prontamente no mesmo dia, quando o caso chegou ao conhecimento do comando da PM. Ou seja, ambos os papéis ilegais de nada valeram.

“De imediato, o coronel Luongo soltou nota oficial ainda no dia 19 declarando que era um documento ilegal e que, portanto, não era aceito pelo comando da PM, no mesmo dia 19”, contou Portela.

Mais policiais, viaturas, helicópteros e delegacias explicam queda dos crimes no Maranhão

As mais de 1.000 viaturas novas entregues desde 2015 são um importante pedaço da mudança que a Segurança Pública do Maranhão vem experimentando. Mas existem muitas outras estratégias e medidas que também ajudaram na transformação. Veja algumas delas abaixo: 

A maior tropa de policiais da história

O Maranhão superou pela primeira vez a marca de 12 mil policiais em serviço. Desde 2015, já foram feitas mais de 3 mil novas nomeações. Os recentes concursos públicos com mais de mil vagas para Polícia Militar e outras cem para a Civil vão manter esse número subindo. Os policiais também têm sido valorizados: foram 8 mil promoções em três anos. Antes, eram décadas.

Homicídios caem 40%

Os investimentos em segurança estão dando resultado concreto: os homicídios na Grande São Luís caíram 40% em 2017 na comparação com 2014. A criminalidade vem caindo ano a ano, confirmando a tendência de queda desde 2015. Isso significa cerca de 700 vidas salvas em três anos.

Mais de mil viaturas novas

De 2015 para cá, mais de mil novas viaturas da Polícia, dos Bombeiros e do sistema penitenciário estão circulando em todo o Maranhão. Os veículos têm equipamentos modernos para ajudar no combate ao crime.

Delegacias novas e reformadas

Dezenas de prédios e prédios vêm sendo construídos e reformados para melhorar as investigações e dar mais segurança à população. Já são 20 obras concluídas para a Polícia Civil. O Corpo de Bombeiros teve grande expansão, com mais 11 novas unidades. E 19 unidades da Polícia Militar foram construídas ou reformadas.

Mais de 2 mil vagas nas cadeias

De 2015 para cá, foram abertas mais de 2.000 vagas no sistema penitenciário maranhenses. Foram oito presídios concluídos e 15 reformados e ampliados.

Helicópteros combatem o crime

O Maranhão agora tem três bases do Centro Tático Aéreo (CTA) espalhadas pelo Estado: São Luís, Imperatriz e Presidente Dutra. Antes, era só na capital. Agora, são quatro helicópteros que levam rapidamente os policiais para onde for necessário em mais de 170 cidades. Isso significa uma resposta imediata ao crime. As aeronaves também fazem atendimentos médicos emergenciais.

Mais de 2 mil vidas salvas no trânsito

Nos últimos três anos, foram salvas 2.079 vidas no trânsito no Maranhão. O cálculo leva em conta o cenário que havia em 2014 e os números mais positivos que passaram a existir de 2015 em diante. Em 2014, foram 2.149 mortes. De 2015 em diante, esse número foi reduzido. Educação, conscientização e fiscalização estão entre as estratégias adotadas pelo Governo do Maranhão.

Operações da Lei Seca sobem 39 vezes

Entre as diversas ações para levar mais segurança ao trânsito, está o cuidado para coibir a combinação entre álcool e direção. O número de operações da Lei Seca aumentou 39 vezes no Maranhão, entre 2014 e 2017, passando de oito para 312.

 

Comentários

Pioneirismo: Prefeitura de São Mateus realiza seletivo para curso pré-vestibular

A Prefeitura de São Mateus do Maranhão, prefeito Miltinho Aragão,  vem buscando novas oportunidades para os jovens do município que sonham com uma formação superior. No ultimo domingo (22) foi realizado o seletivo para o corso pré-vestibular realizado pela Prefeitura onde mais de 450 alunos de São Mateus e região disputaram 200 vagas.

O curso pré-vestibular de São Mateus tem com finalidade preparar o jovem para disputar vaga em Universidades publicas, com duração de até 10 meses, com todo custo bancado pela Prefeitura.

Está é a terceira edição do pré-vestibular, que tem uma media de 30 aprovação em cada ano de realização, e já está sendo copiado por vários municípios do estado.

São Luís e mais 54 municípios do Maranhão em estado de alerta

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) emitiu nesse domingo, 22, alerta de risco moderado para ocorrência de fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 72 horas em parte no Maranhão.
Há possibilidades de tempestades de raios, chuvas intensas e acumulados de chuvas (inundações) na capital e em diversos municípios do estado. A emissão do alerta serve para que a população se proteja e tome medidas necessárias de acordo com as recomendações da Defesa Civil.
Veja a lista de possíveis locais afetados no Maranhão, segundo o CPTEC:
Água Doce do Maranhão
Alcântara
Amapá do Maranhão
Apicum-Açu
Araioses
Axixá
Bacabeira
Bacuri
Bacurituba
Barreirinhas
Bequimão
Boa Vista do Gurupi
Cajapió
Cândido Mendes
Carutapera
Cedral
Central do Maranhão
Centro do Guilherme
Centro Novo do Maranhão
Cururupu
Godofredo Viana
Governador Nunes Freire
Guimarães
Humberto de Campos
Icatu
Junco do Maranhão
Luís Domingues
Maracaçumé
Maranhãozinho
Mirinzal
Morros
Olinda Nova do Maranhão
Paço do Lumiar
Palmeirândia
Paulino Neves
Peri Mirim
Pinheiro
Porto Rico do Maranhão
Presidente Médici
Presidente Sarney
Primeira Cruz
Raposa
Santa Helena
Santa Luzia do Paruá
Santana do Maranhão
Santo Amaro do Maranhão
São Bento
São João Batista
São José de Ribamar
São Luís
São Vicente Ferrer
Serrano do Maranhão
Turiaçu
Turilândia
Tutóia
Fonte: O Imparcial

Casa de Apoio mantida pela prefeitura de Esperantinópolis completa um ano e mais de 4 mil pessoas atendidas em São Luís

O Sr. João Pires de Sá, mais conhecido como “João Goela”, enfrentou 37 sessões de radioterapia para tratar de câncer de prostra. Foram dois meses de tratamento longe de casa, em São Luís.

Ele foi um dos hóspedes que passaram pela Casa de Apoio mantida pela prefeitura de Esperantinópolis, que abriga famílias de baixa renda que buscam atendimento em São Luís e completou um ano de funcionamento no dia 10 deste mês. Ele se sente curado e agradece pelo conforto do lar que o amparou durante o delicado tratamento na capital maranhense.

São servidas refeições diárias e lanches

“Eu me sinto em casa aqui”, disse João Goela antes de regressar para Esperantinópolis.

A Casa de Apoio de Esperantinópolis, nos últimos 12 meses, atendeu mais de 4 mil pessoas, oriundas  da sede e zona rural; todas foram recepcionados gratuitamente no local.

Os hóspedes da Casa vão à Capital em busca de atendimento em hospitais e clínicas.

“A Casa é que nem coração de mãe”, disse Maria Raimunda Jovita, que aguarda o resultado de uma biopsia para voltar Esperantinópolis.

A Casa de Apoio, situada na Rua 04, quadra 09, casa 01, Bairro Parque dos Sabias em São Luís, cedido a Prefeitura para realizar esse tipo de atendimento social, oferece quatro quartos com banheiros privativos. São oferecidas três refeições diárias, além de itens de higiene, roupa de cama e de banho e material de limpeza. A gestão administrativa exercida por duas administradoras Cleonice e Gilvane. As despesas mensais da Casa de Apoio são altas, mas são custeadas integralmente pela Prefeitura.

“A proposta é atender com qualidade e dignidade todas as necessidades dos nossos hóspedes para que façam o tratamento” disse Cleonice, gestora administrativa.

Ambiente família e saudável

“A casa dispõe de cozinheira, zeladora para manter a casa limpa, dispensa abastecida semanalmente, carro à disposição dos pacientes para levá-los da Casa de Apoio ao local da consulta”, explica Gilvane, outra gestora administrativa.

“A casa nos recebeu de braços abertos. É que nem coração de mãe. Vem gente de todos os lados”, desse a usuária da casa dona Francisca Silva Carneiro, que foi à São Luís em busca de tratamento para um filhinho.

“No ultimo dia 10 de Abril fez um ano, com mais de 4 mil atendimentos neste período de funcionamento, com humanidade e respeito como o povo de Esperantinópolis merece”, comemorou Dr. Fred, secretário municipal de Saúde.

Segundo informações do Dr. Fred, a Casa atende em torno de 15 a 20 pessoas, diariamente, dependendo da semana. Segundo o médico, a média mensal de atendimento giram entre 300 e 350 pessoas.

“A Casa de Apoio de Esperantinópolis é muito bem administrada por duas administradoras. Elas são responsáveis por levar os pacientes da Casa de Apoio ao hospital, onde está marcado a consulta ou procedimento, e organizar a parte funcional da casa”, explicou Dr. Fred.

Depois de um ano com pleno funcionamento, a Casa de Apoio de Esperantinópolis, se transformou em referência na região. É a maior e mais confortável da Região do Médio Mearim. Ela atende a necessidade de todos os pacientes. “Há um ano em funcionamento, nunca tivemos nenhuma reclamação da funcionalidade dela, independente da localização da casa que alguns oposicionistas não têm o que falar de ruim da Casa, falam da distância do Centro, no entanto temos a disposição carro para transporte, o que traz mais conforto para o povo atendido pela casa”, pontuou o secretário municipal de Saúde.

Fonte: Blog do Carlinhos

TRE absolve Bira Soares presidente da Câmara de Graça Aranha por 6 a 0

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) deferiu hoje (24), por unanimidade, um recurso do vereador Bira Soares (DEM), de Graça Aranha, e revogou uma decisão de primeiro grau que havia lhe cassado o mandato. Por 6 a 0, os membros da Corte entenderam que não deveria prosperar a denúncia de compra de votos imputada ao democrata, que agora está livre da acusação.

Bira Soares disse que é vítima de perseguição de adversários políticos, que não se conformam por terem perdido a eleição em 2016. “A denúncia foi uma armação. Nunca houve compra de votos”, declarou Bira.

Fonte: Gilberto Leda