A dor da ingratidão

Do Blog do Marcos Carvalho


É interessante notarmos que há pessoas que são muito especiais para nós. 
Temos um amor imenso e somos capazes de fazer qualquer coisa por elas. 
Mas sempre chega um dia em que não se sabe por que razão, justamente aqueles a quem mais dedicamos nossa vida e nossos cuidados nos atiram pedras e agem como se fôssemos alguém sem qualquer importância na vida delas. Nesse momento sentimos uma dor muito profunda. É como se uma chaga viva se abrisse em nosso peito e junto a essa dor vem uma mágoa e tristeza profundas. 
Nesses momentos devemos elevar nossos pensamentos a Deus nosso Pai e pedir forças, paciência e coragem para suportar a ingratidão. 
Muitas vezes aquele que age com a ingratidão não sabe o que está fazendo. 
Além disso, quando nos sentimos feridos por quem amamos, a dor tem uma proporção muito maior. Mas não deixemos que esse sentimento tome conta de nós. Relevemos e sigamos o caminho do bem e do amor. Lembremo-nos de Jesus, que só nos deu amor e acabou na cruz. 
Ele é o exemplo de que devemos entender as atitudes dos outros e jamais deixarmos de amar e praticar o bem só porque as pessoas ainda não sabem reconhecer. Por enquanto elas não têm entendimento, nem sabem o que fazem. Tenhamos confiança, pois chegará o dia em que todos entenderão o real sentido da palavra AMOR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *