31 de março um dia que devemos esquecer.

O Golpe Militar de 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de1964 no Brasil, e que culminaram no dia 1 de abril de 1964 em um golpe de estado. Todavia, para a maioria dos militares, chamar o golpe de Revolução de 1964 estaria associado à idéia de futuro, de esperança e de um tempo melhor, algo prometido para a população, devido à corrupção que alegavam existir no Brasil. Este golpe encerrou o governo do presidente João Belchior Marques Goulart, também conhecido como Jango, que havia sido democraticamente eleito vice-presidente pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) – na mesma eleição que conduziu Jânio da Silva Quadros do Partido Trabalhista Nacional (PTN) à presidência, apoiado pela União Democrática Nacional (UDN). 
Jânio renunciou ao mandato no mesmo ano de sua posse (1961) e quem deveria substituí-lo automaticamente e assumir a Presidência era João Goulart, segundo a Constituição vigente à época, promulgada em 1946. Porém este se encontrava em uma viagem diplomática na República Popular da China. Militantes então acusaram Jango de ser comunista e o impediram de assumir seu lugar como mandatário no regime presidencialista.
Depois de muita negociação, lideradas principalmente pelo cunhado de Jango, Leonel de Moura Brizola, na época governador do Rio Grande do Sul, os apoiadores de Jango e a oposição acabaram fazendo um acordo político pelo qual se criaria o regime parlamentarista, passando então João Goulart a ser Chefe de Estado e o Primeiro Ministro sendo Tancredo Neves.
Em 1963, porém, houve um plebiscito, e o povo optou pela volta do regime presidencialista. João Goulart, finalmente, assumiu a presidência da República com amplos poderes, e durante seu governo tornaram-se aparentes vários problemas estruturais na política brasileira, acumulados nas décadas que precederam o golpe e disputas de natureza internacional, no âmbito da Guerra Fria, que desestabilizaram o seu governo.
O ditador de Cuba, Fidel Castro, vislumbrou expandir sua revolução no Brasil, inicialmente, usando as Ligas Camponesas de Francisco Julião. Posteriormente, propiciou treinamento militar em Cuba para brasileiros selecionados pelas organizações terroristas, capazes de desencadear ações de guerrilha urbana e rural. Além do apoio político, ajudou com dinheiro e armas.

 

Paralelamente, havia o movimento dos sargentos ideologicamente ligados ao governador Brizola. Estes Pleiteavam odireito de serem eleitos, já que suas posses haviam sido impedidas pelo Supremo Tribunal Federal. O movimento estudantil, de orientação esquerdista, realizava protestos nas ruas. O efeito da organização de sargentos e cabos em grupos políticos não pode ser subestimado em relação ao descontentamento dos militares com o governo de Jango, principalmente pela ligação destes com Brizola, que era cunhado do Presidente, pois subvertia a hierarquia militar, um dos preceitos mais importantes e talvez a própria alma das Forças Armadas.

Brizola criou o movimento chamado de Grupos dos Onze, que consistia na organização popular em grupos de onze pessoas, para fiscalizar parlamentares e militares (já prevendo tentativas de golpes) e pressionar o governo e o congresso pelas reformas de base.

Moto Club decide fechar as portas por tempo indeterminado

Do Imirante.Com (clique aqui)

O Moto Club anunciou, na noite desta sexta-feira (30), que está fechando as portas por tempo indeterminado. Esta é a segunda vez que o time comunica a suspensão de suas atividades. Segundo o diretor de futebol, Artur Carvalho, a viagem que o time faria para Bacabal, marcada para a tarde do próximo domingo (1º), está suspensa. O time jogaria contra o Bacabal, no Estádio Correão.


O time está com salários atrasados desde janeiro. Artur Carvalho informou ainda que, o presidente do clube, Sarney Neto, marcou uma entrevista coletiva para segunda-feira (2), à tarde, na sede da Federação Maranhense de Futebol (FMF) para detalhar os motivos pelos quais vai confirmar a interrupção das atividades.


A decisão de não embarcar para Bacabal foi tomada pela diretoria na tarde de hoje.

Assalto em Carolina: Um dos bandidos morre em confronto com a Polícia

A polícia da região Tocantina foi acionada e entrou em confronto com os bandidos que assaltaram na manhã desta sexta 30, a agência bancária da cidade de Carolina. Durante a troca de tiros, um integrante da quadrilha morreu e outro acabou preso.

De acordo com informações, uma equipe do GTA realiza buscas aos assaltantes pelo ar, pois eles podem está encondidos em mata fechada.

Após libertarem os reféns, os sete bandidos tocaram fogo numa S-10, e roubaram outra caminhonete. No tempo em que perderam incendiando o carro, a polícia conseguiu chegar perto deles, quando iriam fugir no outro veículo. Momento em que houve confronto entre a polícia e os bandidos.

Secretaria de Agricultura de Tuntum adere ao programa do Governo Federal para valorização do coco babaçu.

Foi realizada ontem no auditório da Secretaria de Saúde uma palestra para explicar o programa de Subvenção do coco babaçu.
Estavam presentes duas funcionarias da Conab a Dr.ª Leidiene da Conab do Maranhão e a Dr.ª Ianelia da Conab de Brasília. O objetivo da reunião segundo o secretário de agricultura de Tuntum o Paulo Duarte é fortalecer a atividade de quebradeira de coco babaçu no município, e ter um respaldo na compra do produto. Paulo Duarte disse ainda que o prefeito Chico Cunha está dando total apoio ao extrativismo no município e quer fazer que a produção dos derivados do coco babaçu seja em larga escala em Tuntum, pois o extrativismo deixa o homem do campo no seu habitar natural e diminui a saída para maiores centro.
Além das quebradeiras de coco babaçus estiveram presentes a reunião vários presidentes de associações de pequenos produtores, lideres de classes e pessoas ligada ao desenvolvimento do campo.
O secretário de administração representou o prefeito Chico Cunha e falou do bom trabalho realizado por ele com o homem do campo e que o extrativismo local tem sido fortalecido. 


Mais um nome de respeito poderá disputar as eleições de vereador em 2012.

Segundo pessoas ligadas ao ex-prefeito Dr. Tema, ele deverá lançar sua esposa a Dr.ª Daniela como candidata a vereadora em outubro de 2012.
Não há duvida de quem o Dr. Tema colocar como candidato a vereador é um nome de peso e um virtual vereador e sendo a sua esposa ai é que ele jamais vai deixar de pedir voto para ela para pedir para outro candidato comum.Vendo com uma ótica mais ampla a esposa do Dr. Tema alem de seu apoio terá uma verdadeira legião de seguidoras, que serão as mulheres que votarão no grupo do Dr. Tema.
Mesmo sem ter uma bola de cristal vejo a Dr.ª Daniela como uma forte pré-candidata a vereadora.

Remi Junior esclarece sua candidatura.

Recebi uma ligação do amigo Remi Junior, que queria esclarecer algo sobre sua pré-candidatura a vereador.
Remi foi taxativo ao dizer que sua candidatura é uma vontade do diretório estadual do PMDB e que terá apoio da base do partido a nível estadual. Ele disse ainda que tem muito respeito e admiração pela família da sua esposa e que acha que o Orleans deverá ser candidato se isso não acontecer, Remi disse que com certeza ele deverá colocar um dos seus três filhos para lhe substituir.

Até quando vamos viver neste estado de calamidade publica por causa do descaso da CAEMA?

A CAEMA esta cada dia pior em Tuntum a prestação de serviço desta empresa não é satisfatória, falta água em todos os bairros da sede e o descaso da empresa de controle do Governo do Estado não procura fazer nada a não ser cobrar as contas e cortar o fornecimento de quem está atrasado com o pagamento da enorme conta.
Hoje mesmo o Residencial Maria Helena não teve água, engrossando a fileira dos bairros sem água, pois era até então o único bairro que ainda tinha pouca água, mas tinha.
A responsabilidade do fornecimento de água é da CAEMA, mas ela por não ter competência tenta passar para o município, mas a responsabilidade é da CAEMA e do Estado no qual controla a empresa.
 Acho que está chegando o momento do povo de Tuntum se juntar e procurar o Ministério Publico para fazer denuncia contra está empresa que está lesando os consumidores de nossa cidade.

Millôr Fernandes morre aos 87 anos no Rio de Janeiro

O escritor, desenhista, dramaturgo e humorista Millôr Fernandes morreu na noite de terça-feira (27), no Rio de Janeiro, aos 87 anos. Ele estava em casa e foi vítima de falência de órgãos múltiplos. O corpo será velado a partir das 10h de quinta-feira (29) no cemitério Memorial do Carmo, no bairro do Caju, no Rio. Segundo a assessoria do cemitério, o corpo será cremado no Crematório da Santa Casa. Com presença marcante pelos veículos impressos mais importantes do Brasil, como O Cruzeiro, O Pasquim, Veja e Jornal do Brasil, Millôr foi considerado uma das principais figuras  da imprensa brasileira no século XX. Obteve sucesso de critica e publico em todos os gêneros em que se aventurou como em seus trabalhos de ilustração, tradução e dramaturgia, sendo varias vezes premiado. Também ficou conhecido por ser um exímio praticante do Frescobol.
Millô Fernandes foi o criador da frase usada por este blogueiro; “Se você agir com dignidade pode não consertar o mundo, mas fique certo haverá na terra um canalha a menos”.

<