Ano de eleição.

As eleições municipais serão em outubro deste ano e aqui em Tuntum, o movimento é em torno dela, só se vê pessoas falando em política. O grande motivo disto é a necessidade que o povo desta terra tem do poder publico municipal, pois a Prefeitura de Tuntum é o maior empregador do município, deixando milhares de pessoas ou boa parte de sua população a depender das atitudes do gestor municipal. Para grande parte da população não há outra forma de adquiri recursos mais rápido do que na época de eleição. Vários lugares do Brasil isso não existe mais, porem no Maranhão a coisa é desta forma, uma parte do eleitorado para em ano de eleição e a que não para gira em torno dela, o comercio tem um aumento de receita e com isso nesta época gera um pouco mais de emprego.
A importância de um ano eleitoral para outro em nosso município é muito grande, boa parte da população no ano que não há eleição para, só sobrevive esperando o próximo ano que será ano de eleição, ai começam a se deslocar para as portas dos políticos.
Esta situação é fruto do interesse da classe política a população só sofre com este tipo de sistema e sem saída se acomoda esperando pelos políticos que em sua maioria acham bom que eles dependam do município para viverem, assim fica mais fácil a manipulação dos eleitores.    

2 ideias sobre “Ano de eleição.

  1. Agora vc ta falando serio, a primeira vez que eu comento no seu blog. post esse que vc fala totalmente a verdade. politica em Tuntum é uma manipulação de eleitores, principalmente os mas carentes, sem estudo nehum, ficam agromerados nas portas das casas dos politicos, para ver se pelo menos no ano eleitoral, não passam limpo. parabens pela postagem, Quero ver vc assim, com a realidade a cima de tudo. não manipulado como eu via em post atraz. não estou dizendo que vc é lado A ou B, mas vc como informante o melhor é serguir um lado apenas, o lado da verdade. Valei Pedro Fuiiiii,

    Obs. quando o post for bom, eu comento.

  2. Caro Blogueiro,
    É lamentável que uma importante parcela da população de Tuntum tenha uma visão como essa, principalmente se levarmos as possibilidades de crescimento que o nosso município oferece. Todavia é importante perceber que isto não acontece por acaso, mas sim em face do estímulo dos governantes locais, os quais querem manter a qualquer custo esta famigerada forma de dominação. Via de regra, os Prefeitos tem criado uma relação de dependencia na qual as pessoas são fragilizadas e permanecem a mercê da Prefeitura. Os direitos são favores convertidos em favores. A Administração municipal não desenvolve projetos de geração de TRABALHO E RENDA, os quais possam resgatar a auto-estima e dignidade dos munícipes, o que certamente melhoraria a qualidade de vida e consequentemente acabaria com essa odiosa dependencia.
    Deste modo, boa parte dos tuntuenses vivem a esperar a próxima eleição na tentativa de receber "um favor" da municipalidade. As campanhas, principalmente de quem está no poder tem como combustivel principal promessas de um CONTRA-CHEQUE durante quatro anos. Assim, os candidatos em vez de discutirem propostas, intenções, ou seja, fazer um debate propositivo em torno dos planos de governo, apenas fazem promessas de CONTRA-CHEQUES ou outras coisas efemêras que não resolvem os problemas do povo. Além de, ao arrepio da lei e sob as vista complacente do Ministério Público fazerem contratações de servidores desnecessários no periodo eleitoral e chantagear os integrantes do quadro a votar no Prefeito, sob pena de pesadas retaliações.
    O povo precisa acordar e adotar uma nova postura, pois somente assim, pois a situação atual so interessa a quem historicamente massacra o povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *