CBF reconhece títulos nacionais de 1959 a 1970

A CBF oficializou nesta quarta-feira, em uma cerimônia no Rio de Janeiro, os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa como conquistas nacionais, os equiparando ao Campeonato Brasileiro.

Com essa decisão, Santos e Palmeiras passam a ser os detentores do maior número de títulos brasileiros – oito cada -, superando São Paulo que tem seis, Bahia, Botafogo, Cruzeiro e Fluminense passam a ter um título a mais no currículo. O grande homenageado do evento foi Pelé. O Rei do Futebol virou hexacampeão brasileiro, superando Andrade e Zinho, que possuem cinco nacionais, e se tornou o principal recordista de títulos. Além de Pelé, o atacante Pepe e o volante Lima também participaram das seis campanhas do Santos.






2 pensou em “CBF reconhece títulos nacionais de 1959 a 1970

  1. Hoje, mais uma vez indignei-me com a adminitração de tuntum que não chega nem a ser medíocre.
    Ao chegar na agencia do banco do brasil para fazer uma operação financeira, observei que em um dos caixas, havia um funcionario da prefeitura, que o mesmo estava observando um extrato e balançando a cabeça negativamente, quando chegou um colega de trabalho(ambos trabalham no controle de endemias) e perguntou se havia saído o tão sonhado pagamento, a resposta? todos ja sabem, nada de pagamento. Logo no caixa ao lado, estava a Scretária de saúde, que por ironia, é filha do prefeito,fazendo um depósito com um envelope amarelo que mais parecia travesseiro.
    digam-me senhoras e senhores, é ou não para indignar-se?????

  2. O coordenador de Esportes da cidade de Cururupu, Manoel Rodrigues Costa, de 51 anos, conhecido pelo apelido de “Parabólica”, foi preso pela polícia. A prisão está relacionada a uma tentativa de estupro contra uma menina de 13 anos, no último domingo (26) naquela cidade.

    De acordo com o delegado de Cururupu, Danilo Veras Gonçalves, o acusado tentou abusar sexualmente uma garota naquela cidade. Segundo a polícia, Manoel Rodrigues Costa teria atraído a menina para a casa onde morava para “dar mangas” para a vítima. No entanto, o acusado negou essa versão em depoimento à polícia.

    – Ele confirmou que levou a menina para casa. Segundo ele, a menina é quem teria pedido para ir com ele – explicou o delegado, em conversa com o Portal Imirante.com.

    Ao chegar ao local, o acusado levou a garota para a sala onde começou a molestá-la. O delegado disse à reportagem que Manoel Rodrigues Costa teria chegado a beijar e a acariciar o corpo da garota. No entanto, a menina recusou as carícias.

    – Ele a beijou e passou a acariciá-la. Ele passou a mão nos seios e na vagina da menina. Mas ela resistiu, e ele não conseguiu consumir o ato. Ela chorou e pediu para ir embora – disse o delegado.

    Sem conseguir manter relação sexual com a garota, Manoel Rodrigues Costa resolveu levá-la para dentro do carro. Ele tentou nova investida contra a menina, mas, novamente não conseguiu consumar o ato.

    Em seguida, Manoel Rodrigues Costa liberou a menina. Ainda de acordo com a polícia, o acusado teria oferecido uma quantia em dinheiro para garota não contar o que havia acontecido. Ao chegar em casa, a menina contou o acontecido aos pais, que imediatamente acionaram a polícia.

    – Ela chegou em casa nervosa e contou o acontecido para a mãe. O acusado chegou a oferecer dinheiro para a menina não contar nada, mas ela não aceitou. Manoel disse que foi a menina quem pediu este dinheiro para comprar uma sandália – falou Danilo Veras.

    Os policiais prenderam Manoel Rodrigues Costa, que é natural do Espírito Santo, e o autuaram em flagrante por estupro contra vulnerável. Ele ficará na delegacia à disposição da Justiça.
    fonte imirante.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *